Publicado por APF em 31/03/2017

Mais de quatro mil pessoas visitaram a primeira Feira de Empreendedorismo e Franchising

Mais de quatro mil pessoas visitaram a primeira Feira de Empreendedorismo e Franchising

Mais de quatro mil pessoas visitaram a primeira Feira de Empreendedorismo e Franchising que decorreu o passado fim-de-semana no Pátio da Galé, em Lisboa. O evento, organizado pela Associação Portuguesa de Franchising e pelo Empreendedor reuniu perto de uma centena de expositores relacionados com as áreas do empreendedorismo e do franchising.
“A feira superou as nossas expectativas, os nossos associados estavam muitíssimo satisfeitos com o resultado, houve uma grande dinâmica entre o público e os expositores nos stands e oradores” diz Cristina Matos, diretora-geral da Associação Portuguesa de Franchising. Também Miguel Cordeiro, diretor do Empreendedor, considera que “a feira foi uma oportunidade excelente para desenvolver contactos e para os expositores apresentarem as suas propostas de valor”.
“O que nos surpreendeu não foi tanto o número de visitantes, uma vez que já estávamos à espera de um número em torno dos 5 mil participantes – o que é bastante bom neste tipo de eventos – mas foi sobretudo o interesse demonstrado pelo público nas palestras e nos expositores, o que nos permite concluir que foi uma ótima oportunidade de negócio e divulgação do Franchising”, explica Cristina Matos.
Também Miguel Cordeiro acredita que a Feira do Empreendedorismo e Franchising “cumpriu os objetivos” propostos: “trazer muita gente para o evento, valorizar a comunicação dos expositores e participantes que se juntaram a nós nesta Feira, e apresentar o Empreendedor como um dos principais agentes de divulgação do ecossistema empreendedor em Portugal”.
Parte do sucesso da FEF 2017 resulta “do apoio da Camara Municipal de Lisboa que apostou no evento, da Universidade Católica e do Millennium BCP que se integraram no projeto, associando o seu prestígio que também é necessário a esta área de negócio”, destaca Cristina Matos. As três entidades também merecem o agradecimento de Miguel Cordeiro, que sublinha ainda “o apoio de Duarte Cordeiro, Vice-Presidente da CML e de Paulo Soeiro de Carvalho, diretor Municipal da DMEI, que desde o primeiro momento acreditaram neste projeto”. “As entidades que nos apoiaram ajudaram a tornar a FEF num projeto de futuro”, conclui Cristina Matos.

A Feira do Empreendedorismo e Franchising contou também com a participação de 24 oradores provenientes de universidades como a Nova e a Católica e de aceleradoras como a Building Global Innovators e Audax do ISCTE-IUL, ou a Teclab da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Participaram ainda especialistas e consultores das áreas do coaching, gestão, vendas e investimento. Business angels revelaram o que mais valorizam num pitch, e as respostas que esperam ouvir de equipas em busca de um potencial investimento. “Um dos objetivos era reunir uma parte significativa do ecossistema empreendedor de Lisboa, e não só, e isso também foi atingido”, destaca Miguel Cordeiro.
O evento teve ainda a participação de oradores internacionais como Gustavo Schifino que disse voltar ao Brasil "encantado com a FEF". "Achei perfeita a união do Franchising com o ambiente de empreendedorismo, proposto pela Feira. O Pátio da Galé, também foi mágico e inspirador, afinal ali muito se passou de comércio e empreendedorismo na história do mundo!" destacou o presidente do Comité de Ética da Associação Brasileira de Franchising.
Também Marinho Ponci, empreendedor brasileiro que apresentou uma palestra sobre empreendedorismo, considerou que a Feira "cumpriu seu papel com louvor quando proporcionou a Portugal uma experiência incrível de troca de conhecimento e relacionamento nacional e internacional. Todas as palestras tinham muito conteúdo e traziam palestrantes internacionais e nacionais que contribuíram muito para o segmento".
“O facto de estarmos em parceria com o Empreendedor resultou, e muito bem”, sublinha Cristina Matos. “Foi excecional o espirito de equipa que se verificou no local. Há sem dúvida pontos a melhorar, mas acreditamos que este é um modelo de sucesso e por isso já estamos a preparar a FEF Lisboa 2018”, salienta.

Receba a Newsletter da APF!